1.5.07

Hilda Furacão

Sinceramente, eu não queria fazer nada do que tenho que fazer amanhã, nenhuma das zilhões de coisas, incluindo acordar às 05:50 e trabalhar até umas 23:00. Nem apresentar o projeto de coleta seletiva do lixo, que ficou tão legal, nem mostrar as negociações fantásticas que eu consegui pro meu diretor gatíssimo, ganhar mais alguns pontinhos e entrar pro concurso "você é tão competente, quer jantar comigo?", nem almoçar com o ex-estagiário mais gato-gostoso de todos os tempos, nem monitorar o dia da minha filha pelo celular, nada, nada, nada e mais sinceramente ainda, eu nem sei bem ao certo o que eu quero fazer se não fizer o que eu tenho que fazer amanhã. Mas e daí? Não vai mudar nada mesmo...




Links para esta postagem:

Criar um link



<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]